Editorial


APICULTURA EM DESTAQUE

Foto_EditorialNós, apicultores, estamos em uma fase de glória na apicultura em se tratando de negócios. A procura por produtos apícolas está em alta, mas a produção nem tanto, precisamos de mais trabalho para aumentar oferta com qualidade e profissionalismo, o que não é possível fazer de imediato, pois nossos produtos dependem também da mãe natureza. Apesar disso, temos de fazer a nossa parte.

Por outro lado, estamos muito preocupados com os rumos que se pretende dar aos negócios apícolas, com normas e regulações preocupantes, por isso pretendemos transmitir aos nossos associados informações relevantes sobre mel falsificado, que não é produzido por apicultores. Não podemos permitir que apenas os atravessadores determinem os rumos do nosso setor, pois se isso acontecer perderemos o controle ficaremos nas mãos de alguns empresários do mel, repetindo a história dos produtores de leite. Temos que estar livres para negociar nosso produto com qualidade e garantia sem que ter de passar por terceiros.

Quanto ao processo de rotulagem, seria ótimo que todos os detalhes estivessem detalhados, no contexto de uma sociedade séria, com dirigentes justos para com seus cidadãos – o que ainda não é nossa realidade – sem fraquejar, devemos continuar insistindo.

“E que as abelhas sejam motivos de reunião e união entre os homens”

Uma associação se faz com associados.

Eloi Viana da Silva – Presidente Executivo – [email protected]