Notícia


Norte de Minas adquire Selo Internacional para Mel

Fonte: https://gazetanortemineira.com.br/noticias/regional/norte-de-minas-adquire-selo-internacional-para-mel – Por Girleno Alencar.

Figura_Mel-de-minasO Norte de Minas enfim conseguiu agora em julho de 2020 o Selo Internacional para exportar a sua produção de mel e por isso, estará mandando a sua primeira carga, com 10 toneladas, para os Estados Unidos.

Uma carga com nove quilos de potes de 250 gramas foi enviada de forma experimental, para um distribuidor norte-americano. O presidente da Cooperativa de Apicultores e Agricultores Familiares do Norte de Minas (Coopemapi), Luciano Fernandes de Souza explica que a exportação do mel da região permite agregar bons recursos para os produtores, pois um pote de mel com 250 gramas é vendido de R$ 30,00 a R$ 35,00, enquanto no Brasil, com o mesmo valor compra de um quilo das mãos do apicultor.

O Ministério do Desenvolvimento Regional informou que liberou para um grupo de produtores de mel está desenvolvendo mercadorias com alto valor agregado que serão exportadas para os Estados Unidos. Com apoio do MDR, que investiu R$ 1,24 milhão, a Cooperativa de Apicultores e Agricultores Familiares do Norte de Minas (Coopemapi) adquiriu equipamentos e insumos, além de construir infraestruturas necessárias para o beneficiamento de produtos da apicultura mineira. A iniciativa integra a Rota do Mel, que é parte do programa Rotas de Integração Nacional.

Até o ano passado o Norte de Minas exportava o mel através das exportadoras de Santa Catarina. Porém, agora o Entreposto de Bocaiuva foi credenciado, tendo recebido o selo internacional e isso o permite vender diretamente. No ano passado, a região vendia o mel a granel, em grandes embalagens. Agora, será vendido em potes de 250 gramas, o que permite agregar mais recursos. No mês de agosto, dois containers sairão de Bocaiuva para os Estados Unidos. O Norte de Minas produz o Mel Aroeira, que é considerado o melhor do país e com grande aceitação.