Artigo


MENSAGEM DOCE – O Informativo da APACAME – Sua História

Mario Isao Otsuka – Diretor Responsável

A APACAME, Associação Paulista de Criadores de Abelhas Melificas Europeias, foi fundada em 1979. Seu primeiro Presidente Executivo foi o Dr. Maurício Bueno de Miranda.Quadro-1

Em agosto de 1981, quando circulou entre os associados o Boletim nº 1, o Presidente Executivo já era o Dr. Constantino Zara Filho. Aquele Boletim noticiava as atividades desenvolvidas pela APACAME, numa época de soerguimento da Apicultura Brasileira, depois da introdução das abelhas africanas no Brasil, o que resultou no fim da apicultura de abelhas mansas.

A partir do Boletim nº 2, de novembro de 1981, o Boletim Informativo da APACAME passou a designar-se Mensagem Doce.

O Boletim foi idealizado pelo Diretor de Comunicações, o associado Antonio Cláudio Nunes de Azevedo, e aprovado por toda a Diretoria, e circulou entre os associados sob a direção daquele Diretor até o n 14, de fevereiro de 1987.

Nós que redigimos a História da Mensagem Doce, viemos à Diretoria da APACAME, eleito Diretor Jurídico nas eleições realizadas em dezembro de 1983, com mandato para o biênio 1984/1985, e desde então fomos sempre reeleitos no mesmo cargo até a última eleição. O Dr. Constantino também veio ocupando o cargo de Presidente Executivo, sempre reeleito, desde o seu primeiro mandato até o seu último, quando ocorreu o seu passamento para o plano espiritual em setembro de 2018.

Quando o Diretor de Comunicações Nunes de Azevedo viu se impossibilitado de continuar com o encargo de preparar e publicar o Mensagem Doce, o Dr. Constantino pediu-nos para que ocupássemos daquele encargo, o que acabamos aceitando embora com muita relutância.

Os Boletins, até o seu nº 14, de fevereiro de 1987, foram impressos gratuitamente por uma indústria gráfica, em virtude das relações profissionais mantidas pelo anterior Diretor de Comunicações com aquela empresa.

Assim, a partir do Mensagem Doce, ano 5, nº 15, maio de 1987, agora como responsável pela edição passamos a solicitar aos associados o envio de matérias, assim como redigimos, nós e o Constantino, o que fossem de interesse dos associados.

Quando já tínhamos matérias suficientes, passávamos às mãos do Constantino que as providenciava a publicação. Para isso ele próprio datilografava as matérias, pois a era dos computadores ainda estava muito longe de todos nós, os pobres mortais deste país. As matérias datilografadas ou eram impressas em gráficas, ou senão ele próprio as imprimia via mimeografia. E quantos que estão agora a ler já terão ouvido o que era um mimeógrafo?

Quadro-2E desse modo, como se diz na gíria, aos trancos e barrancos, de modo capenga, um tanto amadoristicamente, levamos adiante a publicação do Boletim Mensagem até o nº 25, de agosto de 1992. Mas, por outro lado, também havia algo de bom a se despontar no horizonte do Mensagem. Os colaboradores a enviar as matérias começaram a surgir, embora ainda um tanto timidamente.

A partir do Mensagem nº 26 de junho de 1994 houve um progresso na finalização das matérias a serem publicadas. Tomou o formato de, como se diz, de um tabloide, isto é publicação em formato de meio jornal. As matérias eram enviadas a uma empresa gráfica que as diagramava e imprimia, após a nossa revisão. A tiragem de 5.000 exemplares era agora bimensal e precisávamos de mais matérias.

Transcrevemos a seguir alguns trechos do Editorial do nº 26, de lavra do Dr. Constantino, em nome da Diretoria: “Apresentamos a você Associado e ou público em geral, o nosso já conhecido Mensagem Doce, agora em nova roupagem, no formato Tabloide, em edição bimestral… Mais uma vez a Diretoria da APACAME tem a coragem de assumir o compromisso de editar o MENSAGEM DOCE apoiada numa pesquisa mercadológica que aponta a necessidade de um veículo de baixo custo, porém, com tratamento profissional, sério, ético com matérias de interesse do Apicultor e da Comunidade Apícola, ágil nas informações, com periodicidade rigorosa, buscando chegar ao nosso público alvo o mais rápido diante dos acontecimentos do meio apícola. O MENSAGEM DOCE coloca-se, de agora em diante totalmente aberto à Confederação Brasileira de Apicultura, às Federações e Associações de Apicultores de todo o Brasil para divulgarem…, às Universidades brasileiras para a publicação de seus trabalhos científicos…”Quadro-3

Começaram a surgir, devido ao incessante empenho do Dr. Constantino, a colaboração de Professores e Pesquisadores das Universidades com as matérias de suas autorias. Fomos nomeados pela Diretoria para assumir o cargo de Diretor do Mensagem Doce, e o associado Arcenio Balduino das Chagas para o cargo de Diretor de Divulgação.

E assim, o que agora podíamos chamar de Jornal Mensagem Doce continuou a sua caminhada até o exemplar nº 38, de setembro de 1996. O Diretor de Divulgação Arcenio das Chagas que era à época um empresário do ramo de propaganda e divulgação, depois de estudos, vislumbrou a viabilidade de transforma-lo em revista. O assunto foi amplamente discutido pela Diretoria e finalmente a ideia do Arcenio foi aprovada, e coube a ele apresentar a arte e o formato da Revista assim como ela se apresenta atualmente.

Destarte, como no Universo tudo tende ao progresso, com a Mensagem Doce não foi diferente. Caminhou mansamente por um caminho longo e trabalhoso, até culminar em forma de Revista MENSAGEM DOCE a partir do exemplar n 39, de novembro de 1996.

Transcrevemos a seguir trechos do Editorial do primeiro exemplar da Revista, também de lavra do saudoso Dr. Constantino: “Inegavelmente o MENSAGEM DOCE conquistou um espaço dentro da Apicultura. …aberto às Associações, às Universidades, aos Institutos de Pesquisa enfim a… Apenas a formatação é Revista. No resto continuará dentro da mesma filosofia de ser um veículo sério, técnico e dinâmico enviado gratuitamente aos associados da APACAME e as entidades ligadas à apicultura.”

A partir de então aumentaram a publicação dos trabalhos científicos de uma maneira antes nunca vista, e a Revista praticamente passou a ser a divulgadora oficial da Ciência Apícola. A Revista MENSAGEM DOCE continua à disposição dos senhores Professores e Pesquisadores, assim como a todos que quiserem publicar artigos de interesses da apicultura.

No seu caminhar de 37 anos de sua existência o informativo Mensagem Doce, agora uma Revista, publicou em novembro de 2018 o seu exemplar de nº 149, e este agora é o seu exemplar de nº 150 março de 2019.

A existência da Revista Mensagem Doce também é um legado de Homem de Bem, o saudoso Dr. Constantino Zara Filho a quem rendemos as nossas homenagens.