Editorial


Onde vamos parar!

Infelizmente, é com muita frequência que recebemos informações de mortandade de abelhas, motivadas pela aplicação de agrotóxico por pulverização via aérea em plantações, isso tem acontecido praticamente em todos os Estados da Federação.

Essa mortandade infelizmente não é só de abelhas, mas de uma série de outros insetos, pássaros e pequenos animais, que são úteis para a manutenção do meio ambiente. Praticamente 75% de todos os vegetais que consumimos são polinizados pelas abelhas. E sem elas não teremos esses alimentos.

Desta feita a coisa foi grande perto de 5000 (cinco mil) colmeias morreram no Estado do Rio Grande do Sul, por uso da aplicação de agrotóxicos por via aérea.

Quem vai pagar esse prejuízo? Será que é o apicultor o culpado? Quando os responsáveis pela agricultura vão se preocupar um pouco com o meio ambiente? A manutenção de insetos, animais e vegetais serão motivo de preocupação para a manutenção do meio ambiente? Os agricultores estão pensando muito no presente e esquecendo que o futuro é tão ou mais importante do que o presente.

Está na hora do Ministério da Agricultura tomar uma decisão com relação a esses acidentes que tem acontecido com muita frequência, lamentavelmente.

Radamés Zovaro – Diretor Técnico