Editorial


UMA NOVA PRAGA??

 
Não bastasse a praga econômica que se abate sobre o Brasil, provocando o fechamento de indústrias e do comércio o que resulta num desemprego nunca antes visto neste país.

Não bastasse a praga política que desmoraliza o Brasil não só internamente, como se vê nos movimentos populares como internacionalmente em que os países do mundo todo não entendem o que está ocorrendo na política brasileira, o que provoca a paralisação de todos os setores, resultando numa recessão nunca antes vista neste país.

Não bastasse a praga da corrupção sistêmica instalada em todas as esferas federais, estaduais e municipais, cujo desvio de verbas públicas refletem diretamente na saúde e na segurança do cidadão brasileiro, o qual se encontra totalmente desamparado nas suas necessidades básicas.

Não bastasse a praga dos agrotóxicos utilizados abusivamente em todo o território brasileiro, exterminando as abelhas, pássaros, peixes, enfim, toda a Fauna, buscando um resultado imediatista e não se preocupando com o futuro.

Agora, temos a notícia de uma nova Praga que começa a se instalar no Brasil que é o besouro AETHINA TUMIDA MURRAY causadora de grande prejuízo na apicultura mundial.

Nesta edição estamos publicando a NOTA TÉCNICA elaborada pelos Doutores Érica Weinstein Teixeira, David de Jong, Aroni Sattler e Dejair Message, cuja finalidade é alertar os apicultores apresentando todas as características do referido besouro em todas as fases do seu desenvolvimento, no intuito de que cada apicultor pesquise no seu apiário a existência da referida praga.

Uma vez detectada a presença do besouro ou a simples suspeita, deve ser imediata e obrigatoriamente comunicado à Defesa Agropecuária local para, confirmada a presença do Aethina tumida, sejam tomadas medidas emergenciais visando impedir a proliferação para outros apiários.

Fiquem alerta, não bastassem as mudanças climáticas e a falta de Pasto Apícola, decorrente do desmatamento indiscriminado temos que ficar atentos à esta nova praga.

Constantino Zara Filho – Presidente Executivo